Parashat Bo – Enfrentando a maldade e vencendo seus problemas e seus medos

Advertisements

Os 13 princípios da fé judaica – Fundamentos da fé parte 1

B”H

Vídeo 1

Vídeo 2

Vídeo 3

Vídeo 4

Vídeo 5

Vídeo 6

* INFORMATIVO AOS ALUNOS DA YESHIVAH QUE ESSA SERÁ UMA MATÉRIA OBRIGATÓRIA.

Em breve o arquivo para impressão estará disponível por completo. O material é de uma profundidade admirável e baseada totalmente nos ensinamentos de nossos sábios, bem como no Tanach. Bons estudos aos nossos alunos em mais esta etapa, e aos que desejam estudar conosco, terão acesso também ao material completo assim que nos apoiar com tzedakah e fazer a inscrição, o mérito de nossos estudos é todo de vocês que nos ajudam. Novamente Obrigado.

Os 13 princípios da fé judaica – Fundamentos da fé parte 1

OS TREZE PRINCÍPIOS DA FÉ JUDAICA

Os 13 princípios da fé judaica, ordenados por Rambam, Rabi Moshé ben Maimon (ou “Maimônides”), é um resumo explicativo, tanto para o Bnei Noach (Descendente de noé), o Goi (Estrangeiro), quanto o Ger (Peregrino dentre o povo). Ele facilita para que o estudante inicial, ou mesmo o que nos procura para tentar uma aproximação entenda de maneira geral como crê nossa comunidade e como adentrar no judaísmo em seus primeiros passos. Quando nos referimos á estas nomenclaturas, usamos para indicar uma caminhada até o adentrar ou o encherto, ou simplesmente a aproximação da fé de Abraham Avinu e Yaakov Avinu. Neste documento estudaremos onde estes princípios são encontrados nas escrituras e como a comunidade estuda estes princípios e como o Yaakov transmite e ensina estes princípios a cada um dos que adentram a comunidade.

Esperamos que os que adentram em nossa comunidade, bem como os estudantes que se banham nas águas dos ensinamentos de Yaakov possam caminhar no conhecimento simples, e profundo contidos no judaísmo.

Esta é uma série bem explicativa, passo a passo e bem destrinchada para que os estudantes tenham acesso ao estudo completo.

א– Eu acredito com plena fidelidade:

1 — “Eu acredito com plena fidelidade que o Criador, abençoado seja o Seu Nome, é o Criador e Guia de todas as criaturas, e apenas Ele, criou, cria e criará todas as coisas.”
(Primeiro princípio da fé judaica, segundo Rambam)

Há muitas interpretações sobre a criação, mas interpretação, é interpretação. Precisamos nos ater aos que têm profundo conhecimento das coisas sobrenaturais, precisamos da informação direta dos escritos e dos profetas para compreender como se deu a criação. Meus filhos, é importante que sempre compreendam não somente os ensinamentos dos Rabanim, mas também os desdobramentos das interpretações dos profetas, contidos no registro da vida deles. Para compreender a interpretação do Limud Torah ´Or (estudo da instrução da luz), precisamos compreender primeiro como os Bnei ´Or aplicavam as interpretações destes significados.

Um bom exemplo disso é quando estudamos a palavra Barah (conhecida como formar ou criar) nas escrituas, vemos algumas aplicações que nos ajudarão neste conceito.

Levantai ao alto os vossos olhos, e vede Quem criou estas coisas; foi Aquele que faz sair o exercito delas segundo o seu numero; ele as chama a todas pelos seus nomes; por causa da grandeza das suas forças, e porquanto é forte em poder, nenhuma delas faltará.
(Yeshayah 40:26)

Antes de entender o sentido mais simples deste conceito, vamos entender o sentido mais elevado. Yeshayahu HaNavi1 nos trás o limud2 que primeiramente precisamos elevar nossos olhos. Pergunta  Yaakov: Porque elevar os olhos? HaNavi não poderia simplesmente nos dizer para ver quem criou as coisas, lendo na Torah na Parashá Bereshit? A verdade é que o profeta diz que mais do que ler o Poema, precisamos também elevar nossos olhos. Como Elevar nossos olhos, – Pergunta Yaakov. – Pashut3! Fazendo beracha4 e pedindo que HaKadosh Baruch hu, nos mostre que mais do que conhecimento, ele deseja de nós que tiremos partes práticas para a melhoria de vida individual, dos bnei Israel e do mundo ao redor.

Neste momento muito especial O Sagrado teve a grande oportunidade de dizer ao Seu profeta que informasse que ele precisou de ajuda para formar a terra, mas não o fez. Porque? Primeira opinião é que não precisaria, porque à principio ele já havia feito isso no poema de Bereshit e sendo assim não precisaria repetir a informação. A segunda informação seria que neste momento é a prova que ninguém ajudou Y”H em sua construção do mundo.

Disse Yaakov Benlev Ben Yahudah: – HaShem consultou não somente os anjos, mas todos os seres existentes antes do tempo e depois do tempo. Não em sua ciência, mas na sua partícula inicial de vida, já que estes já carregavam em sua pequena partícula de existência, preexistência e pós- existência, toda a historia de sua jornada.

Neste passuk5, Y”H6 tem ligação com a Maassei Bereshit7, já que tem um remez8 para a criação do mundo e trás o mesmo verbo que encontramos no original em Bereshit. Sendo assim O Sagrado não precisou da ajuda de ninguém, mas planejou construir o universo para que cada ser da existência pudesse não somente sentir-se bem com este mundo, sentir-se à-vontade e confortável, mas também poder com sua vida contribuir para uma possível caparah9 de seu próprio ato de corrosão do mundo. Nossos Maassim tovim10, ou atos não tão bons, lo alenu11, podem de alguma forma corroer ou gastar esse mundo, seja na parte mais física ou material, quanto na parte mais elevada deste mundo. Por isso a nossa responsabilidade quanto a ecologia, quanto ao não jogar lixo no chão de qualquer lugar que seja, sendo publico ou privado. Entendemos que a criação é parte da obra de arte de Y”H e cabe a nós, preservarmos e não somente isso, admirarmos a obra do Criador.

Precisamos então entender que somente Ele, O Sagrado e Bendito seja Ele, é quem foi o fundador e formador de toda a terra, e nós, de alguma forma participamos desta criação, mas somente ele foi o formador único e com seu poder suficiente formou, criou e manifestou seu grande poder.

Assim diz HaEl Y”H, que cria os céus e os desenrolou, e estendeu a terra e o que dela procede; que dá a Neshamah12 para o povo que nela está, e ruach13 aos que andam nela.
Yeshayah (Is.) 42:5

Neste passuk, também e Yeshaya HaNavi, vemos o mesmo verbo, porém na variação Boreh (בורא). O “cria” aqui está em um nível muito elevado, pois inclui o homem em sua criação. Enquanto o passuk citado anteriormente trás simplesmente Barah (ברא), este trás o mesmo

1 Yeshayahu HaNavi – O profeta Isaías – Uma das formas de reconhecer o Zechut dos homens que o próprio Y’’H fez questão de reconhecer a abnegação e a dedicação à vida com o Criador, é emulando os atribudos do criador, como o reconhecimento do trabalho e da dedicação destes homens. É proibido então chamar um grande homem sem mencionar o reconhecimento de quem ele foi ou representou. Por isso citaremos também o que ele fez por Y”H, ou seja Yeshayah ele foi profeta.

2 LIMUD – Em hebraico limud vem de estudo. Estudar não somente como se faz com uma tabuada, ou um livro de literatura normal, ou medicina, mas buscar seu sentido mais profundo, bem como debruçar-se sobre ele e adquirer a essência da alma e do conhecimento do que está se estudando. O Limud para os Talmidei Limudim HaOr é adquirir a essência do estudo e do Melamed (Professor das profundidades).

3 Pashut – Simples, obvio.

4 Berachah – Benção, dádiva. Em outro sentido para os Limudei ´Or, é quando temos motivos para dobrar nossos joelhos em honra ao Ribon Shel Olam (Mestre do universo).

5 Passuk – Verso ou versículo.

6 Y”H – Forma abreviada de usar o Nome Sagrado do Eterno. O Tetragama tem aplicações sagradas e separadas de contextos de um nome normal. Judeus religiosos do mundo todo fazem esta aplicação diferenciada para liberalmente separar o uso do nome sagrado de quaisquer usos banais e fúteis de um nome comum. Muitas vezes aparece em livros judaicos como Y (Youd), com H (Hei), com V(Vav), com H(Hei).

7 Maassei Bereshit – Obra da criação.

8 Remez – Uma dica, uma pista para outro texto.

9 Caparah – uma espécie de concerto, cobertura ou compensação.

10 Maassim tovim – Atos bons.

11 Lo alenu – Longe de nós, uma forma de caparah para coisas não gostosas que saem de nossas bocas para que elas não atinjam alguma pessoa dos ouvintes. Nossas palavras, como Bereshit, tem grande poder, judeus tomam muito cuidado para que palavras, lo alenu, não tão gostosas atinjam alguém. Seja no sentimento, seja como alterações neste mundo.

12 Neshamah – Neste contexto é entendido como vida.

13 Ruach – Direcionamento, fôlego ou respiração.

Mitzvot – Concentrando-se na nossa família e crescendo com HaShem

B”H
Mitzvot – Concentrando-se na nossa família e crescendo com HaShemQual a primeira mitzvah (Mandamento) que nos é apresentada na Torah e porque ela é dada a toda a humanidade?
No estudo desta parashat, estudamos a relação do Homem com a Torah Kedushah antes e depois da entrega da Torah No Sinai. Qual a importância que os mandamentos do Sagrado são importantes para nós? E qual a relação entre nosso animo, amor e dedicação com cada uma das Mitzvot (Mandamentos)?
Trabalhando nosso coração, trabalhamos também a busca de melhoria para crescimento da alma, na direção de onde o Sagrado quer de cada um de nós.

* Chaverim estes audios em mp3 para download gratuito. Distribuiremos esse material gratuitamente. Os que baixarem têm permissão de gravar em CD e distribuir, porém somente com o compromisso de escrever no CD o nome do Professor (R. Yaakov Benlev). Caso esse material lhe alimente, ajude-nos a alimentar outros, depositando qualquer valor em nossas contas, compraremos mais livros para edificar e melhorar nosso serviço de alimentar mais pessoas com a Torah.

Segue o link:

https://www.dropbox.com/sh/alvsfnt6atzz4tb/UnHGDTOanD/Parashat%20Vayietze

Que seja edificante para todos.

 

MP3 DOWNLOAD:
https://www.dropbox.com/sh/alvsfnt6atzz4tb/8SkPIO2SCc

Zakenim – Kehilah Beit ‘Or

Download audio mp3 – Yossef Siga o conselho profundo de Avraham Avinu

B”H
Yossef Siga o conselho profundo de Avraham Avinu
Neste estudo da parashat Vayieshev, estudamos o que o Sefer Bereshit nos trás de ensinamentos. Neste ponto compreendemos claramente o que HaKadosh Baruch hu quer para seu povo.
Importantissimo estudarmos a torah somente pela torah e com o entendimento dos sábios de nosso povo. Dentro disso encontramos estes conselhos profundos.Baixe o audio no link a seguir. Estude com profundidade. Que HaShem lhes ajude na compreensão destes conceitos.
**Chaverim estes audios em mp3 para download gratuito. Distribuiremos esse material gratuitamente. Os que baixarem têm permissão de gravar em CD e distribuir, porém somente com o compromisso de escrever no CD o nome do Professor (R. Yaakov Benlev).Que seja edificante para todos. Comentários são sempre bem vindos.https://www.dropbox.com/sh/alvsfnt6atzz4tb/8SkPIO2SCcZakenim – Kehilah Beit ‘Or

 

O que é um Mashiach, segundo o Tanach? (Bíblia judaica) mp3 Audio